Ultimas

quarta-feira, 26 de junho de 2013

DINHEIRO PÚBLICO: prefeitura do Litoral Sul gasta R$ 7 mil para consertar ‘carros de mão’ e paga R $153 mil em locação de transporte escolar

DINHEIRO PÚBLICO: prefeitura do Litoral Sul gasta R$ 7 mil para consertar ‘carros de mão’ e paga R $153 mil em locação de transporte escolar
DINHEIRO PÚBLICO: importante prefeitura do Litoral Sul gasta R$ 7 mil ara consertar ‘carros de mão’ e paga R $153 mil em locação em transporte escolar

Se não bastassem os desmandos administrativos praticados pelo prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues (PMDB), que literalmente ‘bate’ cabeça, sem apresentar soluções para problemas do município, a reportagem doPB Agora  tomou conhecimento, nesta quarta-feira (26), através do Sagres On line, de que o gestor fez gastos astronômicos no conserto de 'carros de mão' e na locação de transporte escolar.

Segundo dados lançados no Tribunal de Contas do Estado, o prefeito Marcelo resolveu consertar toda a frota de carros de mão do município e gastou a bagatela de R$ 7 mil pelo serviço. Outro dado que chamou a atenção, por parte da gestão em Alhandra, diz respeito aos gastos com a locação de veículos para o transporte escolar, no valor de R$153 mil. O mais interessante é que a quantia já foi paga e a prefeitura dispõe de nove veículos para o referido transporte.

Outro dado que também chamou a atenção, diz respeito ao privilégio recebido por parte de alguns familiares do prefeito no quesito salário. O PB Agora  tomou conhecimento que o cunhado do prefeito, que ocupa uma secretária na gestão, recebe a quantia de R$ 7 mil/mês, enquanto outros secretários colocam no bolso apenas R$ 4 mil/mês. Tal disparidade que não é muito diferente nos cargos de segundo, terceiro e quarto escalão em que, diversos profissionais como dentistas, auxiliares administrativos e professores se mostram inconformados com a 'politicagem' adotada pelo prefeito novato.

Os problemas enfrentados em Alhandra foi alvo de desabafo do deputado Branco Mendes (PEN), que criticou Marcelo Rodrigues a quem definiu como ‘inoperante’.

“Pelo que eu sei já são seis meses de governo, mas até agora ele não disse para que veio. Administrando um município rico, que recebeu com dinheiro sobrando em caixa e que até agora não apresentou nada”, afirmou o deputado.

Mendes criticou o inchaço na folha de pessoal do município.

“O que seu viu foi um bolo na folha de janeiro para fevereiro na ordem de um milhão de reais, com quase 300 funcionários contratados só em fevereiro e a população não viu sequer uma obra iniciada até agora”, disse.

Por fim, Branco atacou a conduta do seu adversário.

“Acho muito ruim a administração do atual prefeito”, disparou.


PB Agora
 
Copyright © 2013 DIRETO DA REDAÇÂO